Menu principal
 

Perfil do Curso

Face às inovações científicas e tecnológicas surgidas na última década, torna-se urgente a ampliação dos cursos oferecidos pelo Instituto Federal Catarinense, para que possam atender os anseios de uma sociedade que exige oferta sólida de educação voltada para a preparação e qualificação, capazes de observar, sustentar, desenvolver e gerar tecnologia para o exercício da cidadania e para o trabalho dentro das exigências da modernidade.

Diante do exposto, torna-se necessário romper com a dicotomia educação básica e técnica, tendo como eixos o trabalho, a ciência, a tecnologia e a cultura, através de um curso técnico integrado ao ensino médio que contemple as demandas do mundo do trabalho.

Buscando atender esta especificidade de formação, faz-se necessário construir um currículo que enfatize a superação de modelos de formação de trabalhadores que privilegiam saberes técnicos instrumentais, em detrimento do saber propedêutico, visto que a práxis profissional requer o domínio desses dois campos do saber, que se articulam e se complementam.

Nesta perspectiva é pertinente registrar o pensamento de Ramos (2005, p.120) ao afirmar que “(…) no currículo integrado nenhum conhecimento é só geral, nem somente específico, pois nenhum conceito apropriado produtivamente pode ser formulado ou compreendido desarticuladamente da ciência básica”.

Assim, atendendo as demandas locais e ao Decreto Nº 5154 de 2004, que sugere a oferta do ensino médio integrado ao ensino profissionalizante, buscando uma formação sólida do cidadão trabalhador, no intuito de atrelar os conhecimentos teórico-práticos ao mundo do trabalho, pautando-se, sempre, no princípio da sustentabilidade.